Menu
x

Nos anos 1970, o poker tomou forma esportiva com a criação do maior campeonato da modalidade no mundo, o World Series Of Poker (WSOP).

Ganhando notoriedade a partir de então, em 1971 as disputas passaram a ter prêmios em dinheiro. O evento principal começou com Texas Hold’em e em 1973 foi agregado o Five-card-stud. A partir daí, cada vez mais modalidades eram inseridas no campeonato conquistando mais jogadores e entusiastas.

Com o passar dos anos o crescimento do número de jogadores deu um salto impressionante. Em 2000 o evento teve 4.780 participantes e 23.000 já em 2005. Só no evento principal, o WSOP pulou de 839 inscrições em 2003 para 8.773 em 2006.

Os maiores vencedores da WSOP são Doyle Brunson e Johnny Chan, cada um com 10 braceletes de ouro, e Phil Hellmuth, que possui o recorde atual com 14 braceletes de eventos do WSOP.

Em 2016, foram 69 eventos de bracelete e um total de 15.767 premiados. No MAIN EVENT foram exatamente 6.737 entradas e um prize pool de US$63.327.800.

Em 2017, o campeão foi Scott Blumstein, que na sua primeira vez no torneio e aos 25 anos, levou US$8.150.000 e o cobiçado bracelete de ouro. O MAIN EVENT do WSOP 2017 registrou 7.221 entradas.

WSOP CIRCUIT BRAZIL

O maior campeonato de poker do mundo chegou ao Brasil em 2016 e mostrou que veio pra ficar. O evento surpreendeu o segmento e promete fazer história. O WSOP Circuit Brazil chegou batendo recordes não só no Circuit mas também de torneios norte-americanos da marca.

BRASILEIROS

Confira o ranking dos brasileiros com melhores resultados no WSOP

351º Thiago Decano US$1.171,065

454º Bruno Foster US$976.001

497º André Akkari US$904.639

585º Alê Gomes US$794.490

641º Nico Villa-Lobos US$731.252

894º Bruno Kawauti US$545.204

1414º Felipe Mojave US$347.134

1458º Geraldo Campelo US$338.334

1768º Fábio Sousa US$277.733

1771º Luis Eduardo Garla R$277.401