News

O mais famoso e renomado campeonato de poker do mundo chega ao Brasil pela primeira vez direto de Las Vegas, EUA. Uma Joint Venture entre LiveBox e Move, empresas dentre as maiores promotoras de eventos internacionais da América do Sul, trazem o “World Series of Poker” (WSOP) para sua 1ª edição em terras brasileiras. O evento corresponde à maior série de Poker existente, sendo por muitos amantes do esporte considerada a Copa do Mundo da modalidade.

E mais: WSOP, a obsessão dos amantes do poker

Realizado anualmente em Las Vegas, reúne jogadores do mundo todo. Fora os Estados Unidos, poucos países já receberam o WSOP, entre eles França, República Tcheca e Austrália, sendo assim, o país entra definitivamente no roteiro internacional de poker e passará a fazer parte permanente do calendário anual do WSOP.

WSOP, a obsessão dos amantes do poker

O WSOP Circuit Brazil 2016 acontecerá na cidade de São Paulo, no Transamerica Expo Center dentro do Pavilhão F, dos dias 26/10 a 02/11. A partir de agora, muitos jogadores realizarão o sonho de jogar o WSOP, com buy-ins em reais e acessíveis, juntando o jogador profissional e o recreativo, no que será a maior festa do poker. Com uma responsabilidade dessa, o WSOP Circuit Brazil fecha parceria com o 888poker, que se tornará o principal patrocinador do evento. Segundo a organização oficial, a intenção é realizar um dos melhores eventos de poker que américa latina já teve, e com parcerias como a 888poker, não poderá ser diferente. A primeira edição no Brasil segue os padrões americanos, tanto de estrutura quanto de organização, como as grades de torneios, dinâmica e prêmios. Além dos prêmios milionários distribuídos aos vencedores dos torneios, como o garantido de 1 Milhão no Brazilian Storm, eles terão a chance de ter a experiência de jogar e um campeonato internacional de alto nível. Para o profissional de poker, ganhar as famosas “joias” do WSOP (anéis) é como ganhar uma medalha olímpica, e fazer isso em “casa” tem um valor maior ainda.

A prévia dos anéis já foi divulgada e promete deixar os competidores ainda mais ansiosos. O design foi baseado no padrão da grande marca do poker mundial. Todos os anéis que entra em uma disputa WSOP são produzidos em um único lugar, em Minnesota nos EUA na Jostens, marca especializada em joias. Essa é uma antiga tradição do campeonato desde os anos 70, e vem fazendo cada vez mais a cabeça dos amantes de poker.

Apesar de seguir o padrão americano, o WSOP Circuit Brazil terá novidades para os amantes do poker. Diversos torneios serão realizados durante oito dias de evento e, no total, 14 anéis WSOP Circuit estarão em disputa em uma grade de 27 eventos. Além dos anéis e dos prêmios milionários, o vencedor do Main Event e o Casino Champion (jogador que acumular mais pontos nos torneios de anel) ganharão uma vaga no WSOP 2017 Global Championship, que acontecerá em agosto de 2017, onde estarão os melhores jogadores do mundo que participaram de um torneio do WSOP Circuit Internacional.

Olimpíada do Poker: a história da World Series ao longo dos anos

Eles terão um assento garantido e entrarão na disputa para o tão desejado bracelete de ouro bem como um mínimo garantido de USD 1.000.000,00. Para ficar ainda melhor o mínimo garantido do Main Event do WSOP Circuit Brazil 2016 chegou aos 3 Milhões de reais. A organização prepara-se para receber 3.000 jogadores no evento principal.

Chance para todos aqui no Brasil

A grade do WSOP Circuit Brazil foi pensada para dar a chance do anel a todos tipos e bolsos de jogadores. O Evento Principal (Main Event) terá buy-in de R$ 3.950 com níveis de blinds de 60 minutos, o Brazilian Storm, evento de buy-in baixo, será de R$ 580,00 com quatro dias iniciais e premiação garantida de R$ 1.000.000,00, já o Super High Roller terá buy-in de R$ 20.000,00 e está atraindo diversos jogadores.

Brasil entrou no roteiro do poker

Historicamente esse é o buy-in mais alto já registrado no Brasil. Inclusive a primeira inscrição online realizada através do site oficial foi feita para esse torneio. Isso faz com o evento receba os jogadores na melhor estrutura de M.E já realizado, com um grande número de fichas, maior jogabilidade e a magia dos anéis e da marca do WSOP.

Depois da Olimpíada e Paralímpiada, o torneio pretende fechar com chave de ouro os grandes evento de 2016 no país. O número de pessoas esperado é de mais de 10.000 pessoas durante os 8 dias de evento que será televisionado pela Fox Sports. Diversos tipos de jogadores entrarão na disputa, pois para quem joga, participar do WSOP é um sonho. Grandes nomes internacionais direto de Las Vegas já confirmaram presença, como Charlie Ciresi Diretor de Torneio Oficial e Troy Stromer Supervisor de Torneio Oficial. Gregory Chochon, diretor do WSOP, prevê sucesso do primeiro evento deste porte no Brasil.

Confira: Você conhece Dan Bilzerian, o playboy milionário do poker?

"O Circuito WSOP continua a se expandir no mundo e estamos animados para chegar na América do Sul pela primeira vez com este emocionante evento no Brasil. Estamos otimistas de que o evento será bem representado e podemos continuar a acolher eventos maiores e melhores a cada ano”, analisou.

O WSOP Circuit Brazil 2016 será no Transamerica Expo Center, Pavilhão F, de De 26/10 a 02/11. Para quem gosta de poker, dá para acompanhar via satélites online - Satélites online 888poker (br.888poker.com) e Satélites live (www.starsclubpoker.com.br).

Por Victor Marques, IG

http://esporte.ig.com.br/maisesportes/2016-10-18/poker-brasil-wsop.html

Não são só os brasileiros que estão gostando da primeira etapa da WSOP realizada no país. Charlie Ciresi, diretor de torneios da WSOP em Las Vegas, que faz parte da equipe da etapa brasileira, falou sobre a alegria de visitar o país pela primeira vez. "Estou apaixonado", resumiu. "Será difícil entrar no avião para voltar para casa, eu tenho um sorisso no meu rosto a todo momento aqui. As pessoas são muito acolhedoras, apaixonadas, tudo sobre essa viagem está sendo ótimo".

Charlie também foi só elogios para a estrutura do evento realizado no Transamérica Expo Center. "É um evento incrível, olhe para este salão, há pessoas em todo lugar, existe uma vibração no salão", comentou. "O palco é incrível, um dos melhores que eu já vi, os jogadores são amigáveis, felizes por estar aqui. Eles nunca tiveram uma WSOP aqui e você consegue ver os olhos deles que esse é um grande fator".

É claro que as pessoas brasileiras também foram elogiadas pelo americano, que entrou no clima de descontração e chegou a emprestar seu paletó para a jogadara Larissa Metran, que estava com frio. Mas além da simpatia, a postura dos brasileiros no torneio também impressionou Charlie. "Você consegue perceber que as pessoas não estão perdidas ou confusas, elas sabem o que fazer", explicou. "Algumas vezes nos Estados Unidos nós fazemos eventos e alguns jogadores parecem não ter certeza do que fazer, mas para os brasileiros é como se fizessem isso toda semana. Acredito que é uma parte da cultura, eles abraçam o evento, você consegue ver a paixão. A animação que você vê nos rostos não encontra em outros lugares, eles estão felizes que nós estamos aqui e expressam isso em tudo que fazem."

O sucesso do evento até aqui, com a quebra do recorde de entradas do WSOP fora de Las Vegas no Brazilian Storm, animou o americano, que espera ver outros eventos como esse. "Eu acredito que há boas coisas a caminho. Não posso confirmar nada nesse momento, mas vamos garantir que todos os locais sejam analisados para o futuro e quem sabe teremos eventos espetaculares aqui por bastante tempo."

Caso volte ao Brasil para um próximo evento, ele contou que tentará expandir seu português para além de um "sim" e "obrigado". "Me parece ser uma língua muito difícil, mas eu tentei. Se nós voltarmos no futuro, com certeza trabalharei meu português."

Por Gabriel Grilo, Super Poker

https://www.superpoker.com.br/poker/diretor-de-torneios-da-wsop-exalta-primeira-etapa-no-brasil-existe-uma-vibracao-no-salao

A abertura da primeira edição da etapa brasileira da Série Mundial de Pôquer (WSOP, na sigla em inglês) contou com a presença de figuras conhecidas do futebol nacional na noite desta quarta-feira, em São Paulo. Quatro jogadores do Palmeiras (Moisés, Vitor Hugo, Alecsandro e Rodrigo), dois são-paulinos (Michel Bastos e Wellington) e o técnico Vanderlei Luxemburgo (atualmente sem clube) participaram de mesas de celebridades convidadas. A etapa brasileira do evento que é realizado anualmente em Las Vegas vai até o dia 2 de novembro, na capital paulista. Veja fotos.

Por Tossiro Neto, Globo Esporte

http://globoesporte.globo.com/sp/futebol/noticia/2016/10/palmeirenses-sao-paulinos-e-luxa-disputam-torneio-de-poquer-em-sp.html

O sol forte e a fila que se formava na entrada do pavilhão F não desanimaram os competidores que esperavam ansiosos pela abertura do WSOP Brasil. Quando o relógio marcou meio dia os jogadores começaram a entrar e lotar o hall principal.

A expectativa era alta, muitos foram com sede ao pote para começar a jogar logo, afinal aquela não era uma oportunidade comum entre os amantes do pôquer. Pela primeira vez na história, o Brasil recebe a Copa do Mundo do Pôquer e promete atrair os mais diversos níveis de jogadores para a competição que vai até o dia 2 de novembro, quarta-feira.

A ansiedade tomou conta de grande parte dos jogadores no primeiro dia de competiçãoA ansiedade tomou conta de grande parte dos jogadores no primeiro dia de competição (Foto: Erik França) São Paulo, a Las Vegas por uma semana.

O diretor Walter Ripper, um dos sócios do projeto ressaltou a importância do público que compareceu no primeiro dia de evento. “Certamente nós devemos todo o sucesso do WSOP ao público que já participou tantas vezes do torneio em Las Vegas e trouxe essa experiência para o Brasil”, Completou Walter.

Essa é a situação de Carlos Francellino, de 50 anos, que veio de Curitiba para competir no WSOP. Carlos foi um dos primeiros a chegar e estava acompanhado de mais 3 amigos, que também vieram para São Paulo. “A expectativa é alta, eles não costumam a fazer torneios ruins. Já viajei 3 vezes para jogar o WSOP em Las Vegas “.

A novidade deste ano ficou por conta do Brazilian Storm, o evento mais acessível, cujo buy-in é de R$ 580. As 150 mesas espalhadas pelo espaço foram preenchidas aos poucos no decorrer da tarde. O preço, inclusive, foi um dos atrativos que motivou os idealizadores de Las Vegas a trazerem o evento para o Brasil. “A intenção principal é mostrar para aqueles que não conhecem o esporte que é possível estar presente. Com um buy-in baixo ele consegue jogar um evento grandioso e com e celebridades”, disse Walter. O diretor também prometeu mais novidades ao longo dos anos.

Walter Ripper e Beto Lima, responsáveis por trazer o evento ao BrasilWalter Ripper e Beto Lima, responsáveis por trazer o evento ao Brasil (Foto: Erik França)

Conforme as horas foram passando, mais jogadores chegavam e se sentavam à mesa para jogar pôquer. Mesmo que a grande maioria deles já estivesse no meio da rodada, a fila de inscrição continuava grande. Luís Henrique é de São Paulo, tem 40 anos e estava animado com a possibilidade de participar de um evento mundial. “Esse é um torneio importante para desmarginalizar o pôquer, por ser um jogo de aposta, as pessoas têm muito preconceito.” Luís estava ao lado da esposa Ana Paula que também iria jogar o Brazilian Storm. Para ela, o WSOP é importante por dar espaços às mulheres, em um esporte segmentado. “O pôquer está abrindo espaço para nós, as mulheres. Eu jogava mais na internet, mas passei a frequentar alguns clubes de pôquer.” Apesar disso, ela não escondeu o vício: “não fico dois dias sem jogar. ”

O lado profissional do torneio

O World Series of Poker não chegou ao Brasil apenas para dar oportunidade de iniciantes terem contato com poker de alto nível. Alguns jogadores estavam de olho nos prêmios principais do torneio para voltar para casa com o anel ou o bolso cheio de dinheiro. Sérgio Otaka, aos 42 anos, atua como profissional desde 2011 e veio para o WSOP tentar a sorte no Braziliam Storm e no evento principal. “É um sonho. Eu estava esperando há vinte anos um torneio como esse. Antigamente eram poucos os jogadores que entravam em torneios caros. Hoje em dia isso é bem diferente.” Sérgio também já foi para Las Vegas, a casa do pôquer, e vive de suas conquistas.

A mesa principal do evento também roubou a atenção de todos. O Super High Roller, torneio mais caro do WSOP, começou às 14h e tinha como destaque Felipe “Mojave” Ramos, um dos principais jogadores de pôquer do Brasil e do mundo.

Assim como muitos no evento, Felipe acompanhou de perto o surgimento e a ascensão do pôquer no Brasil. Para ele, essa é a melhor oportunidade para fazer a modalidade crescer e, consequentemente, ter mais fãs e jogadores profissionais.

Felipe "Mojave" em ação no WSOP BrasilFelipe “Mojave” em ação no WSOP Brasil (Foto: Erik França)

Enquanto recebia as cartas, Felipe se emocionou ao falar sobre o fato de decidir em casa. “Eu nasci para jogar poker. Quando estou jogando, a mesa é o único lugar que não fico nervoso. É o único lugar que eu me encontro e consigo transformar a decisão em algo normal.

O fato de jogar em casa também serve de apoio para Felipe. “Essa é a coisa mais sensacional da minha vida. A cada avião que eu pego, parece que eu já ganhei o torneio. O pôquer é um esporte individual e mesmo assim todo mundo torce por mim. ”

Noite das celebridades

O primeiro dia de WSOP também teve a participação de nomes brasileiros de destaque de diversos segmentos do país: do futebol ao entretenimento. O jogador Alecsandro do Palmeiras, o youtuber Cauê Moura, o técnico de futebol Vanderlei Luxemburgo, o humorista Léo Lins, os cantores Belutti (da dupla Marcos & Belutti) e Fernando (da dupla Fernando e Sorocaba), são apenas alguns dos nomes de destaque.

Para o ex-jogador de futebol Denilson, que já jogou torneios de pôquer, o WSOP é o evento que todos querem jogar. “Eu acho maravilhoso um evento como esse no Brasil. Cada dia que passa ele ganha mais espaço no mundo e a intenção de eu ter fechado com a 888poker é divulgar ainda mais a marca no Brasil. O pôquer pega muito pra galera, inclusive entre os jogadores de futebol, já que as cartas fazem parte da concentração do jogador de futebol”, comenta.

Uma das principais jogadoras do país, Vivian Saliba, que irá participar de diversas disputas até a final do evento, também destaca que o esporte da mente cresce muito e rápido no Brasil. “O WSOP fortalece o pôquer aqui e pra nós é uma maravilha”, comenta Vivian, que ainda destaca que mulheres não têm nenhuma desvantagem em relação aos homens no evento: “acho que não preciso me destacar por ser mulher, tento me destacar por ser uma boa jogadora, então eu estudo muito e me dedico, mas acho que qualquer um, homens e mulheres, deveriam fazer isso”.

Por Bruno Macedo

http://www.playboy.com.br/2016/10/confira-como-foi-abertura-do-wsop-brasil/

Bruno Kawauti tem 30 anos e é um dos responsáveis pelo crescimento do 888Poker no Brasil, juntamente com seus colegas embaixadores Nicolau Villa-Lobos e Bruno Foster. Sendo o 888Poker patrocinador oficial da World Series of Poker, é normal que os três sejam vistos a todo momento circulando pelo espaço destinado aos torneios do WSOP Circuit Brasil no Transamérica Expocenter.

Em um dos seus raros momentos de folga, a Card Player Brasil conversou rapidamente com Bruno, e ele falou sobre WSOP, entrada para o Samba Team e sua nova fase jogando online.

Card Player: Você esperava esse sucesso imediato do WSOP Circuit?

Bruno Kawauti: Sinceramente, eu achava que seria mais devagar. Um to rneio de R$ 580 atrair quase três mil pessoas surpreendeu. Eu sabia que bateria o garantido de R$ 1 milhão, mas não tanto.

CP: Sendo o 888Poker patrocinador oficial da World Series, você, Foster e Nicolau acabam, mesmo que indiretamente, se tornando também embaixadores da marca WSOP. O que podemos esperar daqui para frente dessa parceria?

BK: Tem algumas coisas que não posso falar ainda, mas vocês podem esperar por grandes novidades. O pessoal dos Estados Unidos está gostando dos números, o poker no Brasil também está crescendo cada vez mais, então é interessante tanto para sites, como o 888, e grandes marcas, como a da WSOP, investirem por aqui.

CP: Você, que joga tantos torneios ao vivo, sentiu diferença no field em relação aos outros eventos nacionais?

BK: Sem dúvidas. O WSOP Circuit atraiu muitos jogadores amadores. A marca WSOP é muito forte — e é o sonho de todo jogador, amador ou profissional, vencer um evento da World Series. Quando o cara está começando a jogar, a primeira coisa que ele assiste são os programas da WSOP. Eu joguei o Brazilian Storm [torneio com buy-in de R$ 580 e premiação garantida de R$ 1 milhão] e fiquei impressionado com a quantidade de caras novas. É um field diferente do BSOP, em que vemos as mesmas caras quase sempre. Como eu disse, a marca WSOP definitivamente trouxe mais gente nova para o nosso meio.

CP: O que levou você, um profissional renomado, a entrar para um time de poker, no caso, o Samba?

BK: Eu queria corrigir os leaks (falhas) do meu jogo e, há algum tempo, eu já estava conversando com o 4Bet e com o Samba. Na verdade, vou dar uma dica para todo mundo: entrem para um time de poker. Eu já devia ter feito isso há mais tempo. Em três meses no Samba, já melhorei muitas coisas no meu jogo. Então, como disse, eu já tinha essa vontade de melhorar, e aproveitando que os donos são meus amigos, Kelvin, Cheveau, Kovalski, caras que jogam muito, nós fechamos um acordo bom. Tenho um ano de contrato e, no final, acho que terei ainda mais coisas boas para falar. Meu único arrependimento, realmente, é não ter feito isso antes.

CP: Você é um jogador originalmente do poker ao vivo? Como tem sido a adaptação para o online?

BK: Para mim, tem sido diferente. Não digo difícil, mas ficar ali, horas e horas, sem interação, sentado em uma cadeira... Mas para evoluir é necessário. Você passa a enxergar o jogo de outra maneira e passa a ver seus erros com mais facilidade.

Por Card Player

http://www.cardplayer.com.br/noticias/bruno-kawauti-fala-sobre-o-sucesso-do-wsop-circuit/16337

O técnico Vanderlei Luxemburgo foi um dos destaques na abertura da primeira edição no Brasil de um evento da Série Mundial de Pôquer (WSOP, na sigla em inglês). Atualmente sem clube, o treinador foi um dos mais assediados antes do início do torneio das celebridades na noite de quarta-feira, no Transamérica Expo Center, em São Paulo.

Luxa atendeu a todos os pedidos para fotos com simpatia. Alguns torcedores pediam para ele assumir seus respectivos clubes, arrancando risos do treinador.

- Se o Cuca não ficar em 2017, assume o Verdão para a gente ser campeão da Libertadores - afirmou um palmeirense.

Os torcedores do Palmeiras, aliás, foram os que mais puderam tirar fotos. Ao todo, quatro jogadores alviverdes compareceram ao evento: o zagueiro Vitor Hugo, o volante Rodrigo, o meia Moisés e o atacante Alecsandro.

No torneio, o defensor foi quem teve o maior destaque. Na concentração do Palmeiras, porém, quem domina o jogo é Moisés.

- O Moisés é o melhor, sempre ganha de todo mundo na concentração - disse Alecsandro.

- O Alecsandro é quem sempre fica chamando a gente para jogar - rebateu Moisés.

O clima descontraído não atingiu o são-paulino Michel Bastos, que recusou pedido até de um fotógrafo da organização. O jogador também não quis conceder entrevista. Outro atleta do Tricolor que disputou o torneio foi o volante Wellington.

O santista Elano também compareceu ao evento e falou sobre o pôquer na concentração do Peixe. Ele preferiu não participar do torneio das celebridades.

- Já passei muita vergonha na vida, pô - afirmou Elano, aos risos.

- Na concentração a gente joga em uns seis ou sete. É todo mundo no mesmo nível, num nível bem baixo - completou o santista.

Além dos jogadores de futebol, participaram do torneio das celebridades o empresário Wagner Ribeiro, o ex-jogador de vôlei Rodrigão, o ex-nadador Fernando Scherer e o piloto Thiago Camilo, da Stock Car.

Por Guilherme Amaro, Lance

http://m.lance.com.br/futebol-nacional/luxa-rouba-cena-jogo-poquer-com-palmeirenses-sao-paulinos.html

Em um evento com atletas e ex-atletas, o técnico foi o que chegou mais longe na competição para celebridades organizada pela WSOP (Série Mundial de Pôquer, da sigla em inglês), o mais importante campeonato da categoria que tem uma etapa disputada no Brasil pela primeira vez na história.

Com direto a óculos escuros quando estava apostando, ele mostrou intimidade com o jogo até na hora de blefar e fazer o que no futebol receberia o nome de "catimba". Esconder os olhos é uma tática de alguns jogadores renomados que acreditam que o olhar pode dar dicas de seu jogo aos adversários.

A posição exata de Luxemburgo não foi divulgada, mas ele foi o último a deixar as mesas se considerar esportistas que participaram do evento como: Moisés, Rodrigo, Vitor Hugo e Alecsandro, do Palmeiras; Wellington e Michel Bastos, do São Paulo; Elano, do Santos (que preferiu não jogar); Wagner Ribeiro, empresário; e ex-atletas como Rodrigão (vôlei), Virna (Vôlei) e Fernando Scherer (natação). As mesas ainda tinham presenças como o cantor Sorocaba, youtubers, comediantes e membros que frequentam a mídia.

No evento, o técnico preferiu não falar sobre futebol, embora não esconda o desejo de voltar a trabalhar como técnico. Por um momento, ele deixou as semifinais da Copa do Brasil de lado para praticar o seu hobby preferido em um pavilhão que tem centenas de mesa e milhares de jogadores em busca de dinheiro, diversão e um ambiente que lembra um Casino de Las Vegas, mas sem o tradicional luxo das terras norte-americanas. O evento vai até o dia 02 de novembro e começa no início da tarde e termina até a última mesa acabar no Transamérica Expo Center.

Foi da mesa de Luxemburgo, aliás, que saiu o campeão. O publicitário Angelo Corce, que ganhou a competição e o direito de participar de uma mesa profissional da WSOP, começou apostando suas fichas contra o técnico.

Na mesa de trás, estava Moisés. Apontado pelos palmeirenses como o "dono do pedaço", ele participa regularmente de competições e foi elogiado por Vitor Hugo. "O Moisés é o melhor de lá do Palmeiras. É sempre perder dinheiro para ele", disse o zagueiro.

Moisés, que disputou fichas com Wagner Ribeiro na sua primeira mesa, já chegou a ir para mesa profissional contra Bruno Foster (foto acima ao lado de Denílson, outro praticante do esporte), um dos melhores competidores do país e que estava no evento da última quarta-feira também.

"Esse torneio das celebridades tem crescido muito, o pessoal gosta e tem acompanhado. Cada vez mais temos atletas e ex-atletas participando, o que é muito legal e mostra o quanto o pôquer atinge todas as classes. É sempre legal poder dividir a mesa com todos, pois são muito divertidos", afirmou ele.

Entre os outros jogadores, Wellington e Michel Bastos, que não quis dar entrevistas e evitou até fotos, foram os primeiros a caírem. Alecsandro mostrou certa intimidade com o jogo.

O Brasil no pôquer tem praticantes famosos no futebol, como Luxemburgo, Neymar e Ronaldo, mas também tem um nome famoso pelo mundo por ser dos melhores jogando as cartas e apostando as fichas: André Akkari já ganhou o disputado Bracelete em 2011 e entrou para o hall da fama do esporte no país e estava no pavilhão na última quarta.

Por Danilo Lavieri, UOL.

http://esporte.uol.com.br/futebol/ultimas-noticias/2016/10/27/fora-do-futebol-luxa-mostra-por-que-pode-ser-o-professor-no-poquer.htm

Vencedor do Main Event e o 'Casino Champion' terão lugares reservados no Global Casino Championship. Esta será a primeira vez que dois brasileiros disputarão o bracelete dourado Debutante no Brasil, a World Series of Poker (WSOP) teve uma grande estreia na última quarta-feira (26 de outubro), quando foi dado o primeiro ‘shuffle up and deal’ – o embaralhe e dê as cartas – do evento. No primeiro dia, o saldo final de participantes girava em torno de 1000 inscritos, contando com alguns dos principais jogadores brasileiros, como Bruno Foster, André Akkari, Thiago Decano e Felipe Mojave.

“É mais um marco, um ponto alto da história do poker no país”, disse Akkari. “O esporte da mente vem crescendo cada vez mais, durante os últimos 10 anos tiveram vários momentos de explosão, e a World Series pousar no Brasil é mais um desses pontos”, concluiu André.

Confira o resumo do que já aconteceu:

1º DIA

Brazilian Storm

Em seus dias 1A e 1B, o evento contou com 493 inscritos, 181 reentradas.

Super High Roller

Um dos destaques do evento que reuniu jogadores do naipe de Luiz Duarte, João Simão e Thiago Decano na mesma mesa, lado a lado nas posições, numa curva extremamente árdua.

Mesmo jogando ao lado de outras feras, Duarte não se intimidou e passou CL para o segundo dia com 826k em fichas. Firme e forte na briga do tão sonhado anel.

Torneio das Celebridades

Outro marco desse primeiro dia foi o torneio das celebridades, sem dúvida o mais descontraído de todos “é um torneio diferente, para se divertir, bala, bala e bala para poder dar risada e ver os amigos” disse Bruno Foster, um dos jogadores profissionais que esteve entre os 130 inscritos.

Além de Bruno, o torneio das celebridades reuniu nomes como o de Fernando & Sorocaba, Marcos & Belutti, Léo Lins, Otávio Mesquita, os youtubers Cauê Moura, João Pica Seca, Brógui, Tiago Cadore, Pyong Lee, atletas e ex-atletas como Virna, Rodrigão, Fernando Scherer, Vanderlei Luxemburgo, Michel Bastos, Moises, Vitor Hugo, Alecsandro, entre outros.

Mesmo com o clima festivo, o torneio foi encarado com muita seriedade pelos competidores e mais de cinco horas para formação da mesa final. O grande vencedor foi Angelo Corse, que superou Yuri Cavalcante, o terceiro colocado, e venceu o heads up contra Beth Silva, se tornando o primeiro premiado desta série do WSOP no Brasil.

2º DIA:

O evento bateu os recordes de etapa com 2.980 inscritos na temporada batendo até mesmo o número de participantes em um evento da World Series fora dos EUA (2.447 inscritos).

Foram mais de 2 mil participantes neste segundo dia, que foram aos panos nos sete torneios que aconteceram no local. Entre os destaques do dia tivemos o Super High Roller, o Brazilian Storm e o Eight Mix Game, a nova modalidade que vem conquistando cada vez mais adeptos.

Super High Roller

Neste segundo dia de WSOP Brazil, o Super High Roller chegou ao seu final, com 26 inscritos e 3 reentradas. Após 14 níveis o evento teve a sua formação de mesa final, com Felipe Mojave como o CL com mais de 2kk de fichas, seguido por Hélio Neves com 1.5kk e Luiz Duarte com pouco mais de 1.2kk. Veja quem formou a mesa final com eles:

Thiago Decano - 738k

Paulinho Capre - 473k

Jonas Jimenes - 318k

Rafael Moraes - 302k

Franklin - 302k

Após algumas mãos tivemos a primeira baixa da FT. Jonas Jimenes foi eliminado depois de ser fatiado por Rafael Moraes e ficar com menos de um BB. Logo depois foi a vez de Franklin e Paulinho Capri deixarem o torneio.

Thiago Decano, Luiz Duarte, Felipe Mojave e Hélio Neves. Confira como ficou o Chip Count:

Assento 1: Thiago Decano (Balneário Camboriú) 2.257.000 Assento 4: Hélio Neves (Salvador - BA) 1.313.000 Assento 5: Luiz Duarte (Marília - SP) 1.945.000 Assento 7: Felipe Mojave (São Caetano do Sul - SC) 1.485.000

Brazilian Storm

O Brazilian Storm foi um grande sucesso entre os jogadores presentes nos dois primeiros dias do WSOP Circuit Brazil 2016. Em seus quatro dias classificatórios o torneio superou assim o garantido de R$ 1 milhão em premiações.

Entre os destaques do torneio, nomes bem conhecidos no circuito nacional como os de Bruno Foster, Norson Saho, Larissa Beltran, Mateus “Matu” Lessa, Fernando Araújo, Rodrigo Garrido, entre outros.

Eight Mix Games

Saiu o tão desejado anel, o primeiro dos 14. O grande campeão do Eight Mix Games foi Rafael Caiaffa que não jogava há quatro meses e chegou até a anunciar a aposentadoria antes do WSOP. O campeão fez a mesa final com Fernando Scherer, Lucio Antunes, Daniel Palandi, Marco Barros e Marcelo Berlofa.

3º DIA:

Os destaques ficaram por conta do início do Main Event e a grande final do Super High Roller. Outro torneio que também chamou a atenção do público foi o Brazilian Storm, que teve seu dia 2.

Vale lembrar que o WSOP Circuit Brazil 2016 já bateu os recordes de maior número de jogadores fora dos EUA do World Series Of Poker Circuit, como também com maior número de players em uma etapa de 2016, contando com as jogadas em território americano.

Main Event

No principal torneio da grade do WSOP Cicurit Brazil 2016 figuraram no evento grandes nomes do poker, como Luiz Duarte, que inclusive ficou em segundo no Super High Roller, NorsonSaho, Renatinha Teixeira, Pedro Todorovic e Victor Sbrissa que foram aos panos neste primeiro dia classificatório.

O Main Event mais deep stack do país, blind com inicial de 25 / 50m, evento com somente 1 reentrada por dia, resumindo, praticamente um freeze out. A jogabilidade de Vegas pela primeira vez no Brasil.

Super High Roller

O torneio de Buy in mais caro da grade terminou com Hélio Neves como campeão e dono do segundo anel da etapa disputada no Brasil.

O dia começou com Thiago Decano como CL na mesa com Felipe Mojave, Luiz Duarte e Hélio Neves. A primeira baixa foi Felipe Mojave, depois foi a vez de Thiago Decano, até que foi formado o Heads Up entre Luiz Duarte e Hélio Neves, que derrubou Mojave e Decano.

Hélio liderou a maior parte do Heads Up e chegou a ter larga vantagem sobre Luiz Duarte, que equilibrou o jogo, mas no final melhor para Neves que ficou com o segundo anel do WSOP Circuit Brazil.

Brazilian Storm

Um sucesso entre os jogadores do WSOP Circuit Brazil, o Brazilian Storm reuniu 2890 players. Nesta sexta-feira um pouco mais de 500 players voltaram aos panos.

Não demorou muito e os jogadores logo ficaram ITM, ou no dinheiro. Após todos atingirem a premiação o jogou rolou até o final do segundo dia.

4º DIA:

No sábado (29) ocorreu o quarto dia do WSOP Circuit Brazil e os destaques foram os três anéis distribuídos para os campeões do Brazilian Storm, Giant Omaha e Extra Life, com isso já foram cinco dos 14 anéis. O Main Event que teve seu dia 1B, também chamou atenção do público. Além destes torneios também ocorreu o Turbo Bounty.

Brazilian Storm

O torneio que contou 2981 inscritos e superou o prêmio garantido de R$ 1 milhão chegou ao seu final e rendeu um anel do WSOP Circuit Brazil para o campeão Bruno Nunes, além da premiação em dinheiro.

Foram três dias de competição até a definição do grande campeão, que teve ao seu lado Douglas Rayele Felipe Torres, no segundo e terceiro lugar, respectivamente.

Main Event

O principal torneio da grade do WSOP Circuit Brazil 2016 teve seu dia 1B disputado no sábado (29) com 261 entradas e 117 classificados.

Neste dia 1B, os destaques ficaram por conta de nomes do poker, como Thiago Decano, Pedro Padilha, Vivan Saliba, Luiz Tofu e Fernando Araújo.

Giant Omaha

Bruno Foster, atleta do 888poker, foi o grande vencedor do Giant Omaha e ganhador do quarto anel do WSOP Circuit Brazil 2016, com Fernando Scherer, o Xuxa, ao seu lado, na segunda posição do torneio e Andrey Perez Do Lago na terceira colocação.

O Mr. November Nine superou seus adversários e provou que nem só de Holdem vive o jogador de poker. Vale lembrar que Foster é um dos nomes que figuram entre os principais jogadores do Main Event do torneio.

Extra Life

O torneio Extra Life foi disputado nesse quarto dia de WSOP Circuit Brazil e distribuiu o quinto anel do evento. Com 363 inscritos e 87 reentradas, a joia cobiçada ficou com Tom Azevedo, que superou Rômulo Haruo no heads up. Wanderson Ferrari completou o 3handed.

Finalistas Turbo Bounty:

1º Paulo Roberto Guimarães

2º Leandro Elton Prinz

3º Rodrigo Navarro Romero

5º Dia

No domingo (30) foi jogado o dia 1C do Main Event do WSOP Circuit Brazil, o último entre os classificatórios. Logo no quarto nível do dia o torneio chegou ao garantido de 3 milhões de reais com as 367 inscrições feitas até aquele momento. No final foram 467 inscritos no dia, somando mais de mil jogadores nos três dias classificatórios da competição.

Outro destaque foi Crazy Eights, que deu o sexto anel do torneio para o campeão Paulo Gonçalves.

Main Event

O torneio que atingiu e ultrapassou o garantido teve 467 inscritos nesse dia 1C, chegando à expressiva marca de 1002 jogadores. Deste montante 462 se classificaram e voltaram para o dia 2 do torneio.

Entre os destaques que foram para o game nesse dia, tivemos nomes como o de Bruno Foster, o Mr. November Nine, Luiz Duarte, Ale Gomes, Vivian Saliba, entre outros.

Crazy Eights

Com buy in de 888 reais o evento reuniu 296 inscritos e premiou o grande campeão Paulo Gonçalves com um cobiçado anel da World Series.

Stevam Jiraya e Rogério Nishimori completaram a lista dos três primeiros colocados do torneio.

Além do anel, o torneio também deu um buy-in no Ladies para mulher que foi mais longe, um buy-in no Last Shot para o bolha, um buy-in no Seniors para o participante com mais de 50 anos eliminado por último e um buy-in do Deep Stack Hero para o campeão.

Por Fox Sports

http://www.foxsports.com.br/news/279822-world-series-of-poker-tem-estreia-de-gala-no-brasil-confira-os-resultados

Oderlândio Moura viveu um 2 de novembro especial. O cearense venceu a primeira etapa do WSOP (World Series Of Poker) realizada em São Paulo e faturou um prêmio de R$ 750 mil (o equivalente a 208.888 dólares).

Foi a primeira vez na história que uma etapa do circuito WSOP foi realizada no Brasil. O evento distribuiu mais de R$ 3 milhões em prêmios.

"Tentei fazer meu jogo e cometer poucos erros. Procurei sempre me adaptar a cada jogador e usar uma estratégia diferente em cada situação", contou logo após a conquista.

Sobre a sensação, Oderlândio não conseguiu verbalizar o tamanho do feito. "Acho que a ficha nem caiu ainda, é um sonho que eu realizei. Estou muito feliz, muita emoção e não dá nem pra explicar direito. Acho que a ficha só vai cair depois", avisou.

Em maio deste ano, Oderlândio, que joga profissionalmente faz cerca de três anos, já havia vencido o torneio High Roller do Nordeste Poker Series (NPS), faturando então R$ 24 mil.

Era então o maior prêmio dele conseguido em eventos ao vivo

Classificação da Mesa Final do WSOP Brazil

1 - Oderlândio Moura (Fortaleza - CE) R$ 750.000

2 - Marco Túlio Fernandes (Brasília - DF) R$ 460.000

3 - João Bauer (Goiânia - GO) R$ 340.000

4 - Luís Felipe Martins (Brasília - DF) R$ 250.000

5 - Gabriel Borges (Marília - SP) R$ 180.000

6 - Renan Sampaio (Cabo Frio - RJ) R$ 120.000

7 - Paulo Diniz (Iporá - GO) R$ 83.400

8 - Marco Azambuja (Campo Grand - MS) R$ 56.300

9 - Marcelo Filartiga (Paraguai) R$ 40.000

O Povo

http://esportes.opovo.com.br/app/esportes/maisesportes/2016/11/03/noticiasmaisesportes,3124022/cearense-ganha-r-750-mil-em-torneio-de-poker.shtml

A expectativa sobre o mínimo garantido do WSOP Circuit Brazil 2016 terminou. A organização anunciou que o Main Event garantirá 3 Milhões de reais no Main Event. A disputa que tem início no dia 28 de outubro às 16h00 com Buy-in de R$ 3.950,00, Stack de 35.000 fichas e Blinds de 60 minutos, marcará história no Brasil. Além do prêmio milionário, o vencedor do M.E ganhará uma vaga para o WSOP Global Championship, torneio dos campeões nos Estados Unidos, com mais 1 Milhão de dólares garantido e o tão desejado bracelete de ouro.

Nenhum outro torneio de poker realizado no Brasil teve prêmios tão ousados como no WSOP Circuit Brazil 2016. A organização se prepara para receber os jogadores na melhor estrutura de M.E já realizado, com um grande número de fichas, maior jogabilidade e a magia dos anéis e da marca do WSOP. Para as jogadores que quiserem fazer as inscrições antecipadas, já podem garantir a vaga através do site oficial do evento (www.wsopbr.com) e ainda conferir opções de hospedagem e voos na Travel Live (www.poker.togotravel.com.br), agência oficial do WSOP Circuit Brazil.

“Acreditamos que o Main Event será um dos grandes sucessos do WSOP Circuit Brazil, junto com o Brazilian Storm, pois sentimos que a ansiedade dos atletas está a mil com as disputas. Estamos confiantes e animados com essa primeira edição no país”, diz Beto Lima, representante oficial do WSOP Circuit Brazil, em contagem regressiva para início dos torneios em São Paulo.

No Rio, o clube Ases do Poker, localizado no Jardim Botânico vem realizando os satélites oficiais. Amanhã, dia 12 de Outubro, à partir das 19:00h, acontecerá mais um satélite oficial do WSOP Circuit Brazil no Rio de Janeiro. O torneio terá buy-in de R$ 180,00 com stack inicial de 15.000 fichas e blinds de 20 minutos. As inscrições e reentradas podem ser feitas até o final do 8º Nível e o jogador ainda pode fazer um Bônus Chips de 3.000 fichas ao fazer seu buy-in, por apenas R$ 20,00. Robson Paulista já garantiu uma vaga ao vencer o satélite de quarta passada.

O Portal Pokerface já está credenciado e trará todas as informações em tempo real através do nosso portal e das nossas mídias sociais. Vamos fazer a maior cobertura dos jogadores cariocas nos 27 torneios que fazem parte da grade do WSOP CIRCUIT BRAZIL 2016.

Siga nossas mídias sociais:
Instagram – @portalpokerface
Twitter – @pokerfaceaovivo
Facebook – @portalpokerface

WSOP Circuit Brazil 2016
Transamerica Expo Center – Pavilhão F

De 26/10 a 02/11 Av. Dr. Mário Villas Boas Rodrigues, 387 – Santo Amaro, São Paulo-SP
Informações/Grade/Inscrições: www.wsopbr.com

Pokerface

O 888poker promove, em 2016, mais um evento histórico no Brasil. O patrocinador oficial do mais importante circuito de poker do mundo, o WSOP Circuit, patrocina agora a aguardada primeira edição do circuito no país. Entre os dias 26/10 e 02/11, o Transamerica Expo Center, em São Paulo/SP, recebe a histórica primeira edição do WSOP Circuit Brazil.

O 888poker promove, em 2016, mais um evento histórico no Brasil. O patrocinador oficial do mais importante circuito de poker do mundo, o WSOP Circuit, patrocina agora a aguardada primeira edição do circuito no país. Entre os dias 26/10 e 02/11, o Transamerica Expo Center, em São Paulo/SP, recebe a histórica primeira edição do WSOP Circuit Brazil.

- É com muito orgulho que assinamos essa memorável parceria entre o WSOP Circuit Brazil e o 888poker. Será a extensão de uma aliança já consagrada desta renomada marca de sucesso no poker mundial com o WSOP. Ter o 888poker ao nosso lado, certamente, ajuda a garantir que nossos eventos no Brasil tenham o mesmo nível de qualidade e jogabilidade que nosso já impecável e famoso 'primogênito' WSOP Vegas. E o já maduro mercado de poker brasileiro merece sempre o melhor - afirmou Beto Lima, CEO do grupo BlueBox, promotor do WSOP Circuit Brazil.

A programação oficial do WSOP Circuit Brazil começou já na última segunda-feira (3), com uma série de satélites oficiais no 888poker, distribuindo vagas para o Main Event e para o Crazy Eights. Os satélites são diários e estão na aba Live Events do 888poker e tem preços acessíveis, variando de freebuys, sub-qualis de $12 até os qualififers de $160, que valem buy-in. A grade de satélites online segue até o fim de semana anterior ao evento.

O embaixador brasileiro do Team888, Bruno Foster, mostrou-se animado para o grande evento:

- O poker no Brasil cresceu muito e já merecia ter o Circuito da WSOP, que representa realmente a Copa do Mundo do Poker. Eu como November Nine e embaixador do 888poker e do poker no Brasil me sinto imensamente feliz, será incrível juntar mais uma vez - e agora no Brasil - a marca máxima do esporte, que é a WSOP, com o gigante do poker online, o 888poker. Tenho certeza de que será a maior festa do poker que o Brasil já viu.

O site oficial do WSOP Circuit Brazil já está no ar, com toda a programação divulgada.

O br.888poker.com é a marca de poker que mais cresce no mercado, reunindo milhares de praticantes e simpatizantes do poker a todo o momento. Com mais de 10 milhões de membros registrados, o 888poker oferece a melhor experiência de poker do mercado, com pelo o menos $300K garantidos em torneios gratuitos todos os meses, além de bônus de boas vindas aos jogadores. O 888poker é reconhecido pela oferta de entretenimento de qualidade, através de uma plataforma segura e divertida em todas as plataformas online. Para mais detalhes acesse br.888poker.com.

Portal Comunique-se

WSOP Circuit no Brasil vai valer vaga na disputa de bracelete

Nas últimas semanas a Word Series Of Poker (WSOP) anunciou a grade de torneios que vão acontecer no Brasil durante os dias 26 de outubro e 2 de novembro. Pela primeira vez na América do Sul, vai acontecer uma etapa da WSOP Circuit, a ser realizada na cidade de São Paulo, noTransamerica Expo Center. Serão 27 torneios no cronograma, entre eles 14 onde o campeão será premiado com um anel exclusivo do evento. A agenda dessa série pode ser verificado no site oficial da organização e também no post “Definido calendário da WSOP São Paulo, o principal torneio do mundo agora no Brasil”, no entanto a novidade da vez agora é que braceletes também estarão indiretamente em disputa durante a competição.

O vencedor do main event e o jogador que acumular o maior número de pontos nos torneios onde anéis estão em disputa ganharão uma vaga no WSOP 2017 Global Casino Championship. Um evento que reunirá os melhores jogadores do mundo que competiram em algum circuito do WSOP em 2016. O torneio deve acontecer em agosto de 2017 no Harrah Cherokee Casino Resort, nos Estados Unidos e terá um prêmio garantido de USD 1.000.000,00, além de um bracelete de ouro para o campeão.

Os irmãos Walter e Wagner Ripper, sócios da Livebox, responsável pelo WSOP Circuit Brazilafirmam: “O ano de 2017 será histórico para o WSOP Global Casino Championship, que pela primeira em vez receberá dois jogadores classificados em um evento realizado no Brasil, que disputarão o sonhado Gold Bracelet”, disse Walter Ripper. “O WSOP Circuit Brazil contará com os 14 eventos de anel em uma grade de 27 eventos. A grade foi pensada para dar a chance do anel a todos tipos e bolsos de jogadores” comentou Wagner Ripper.

Jogar o WSOP, é um louro na carreira de qualquer esportista de poker e um sonho para os amantes do esporte. Com o evento acontecendo no país, será mais fácil a participação dos brasileiros que não tem a chance de disputar o WSOP que acontece anualmente em Las Vegas. Mesmo com certa dificuldade o nosso país possui três campeões mundiais de poker: Alexandre Gomes, André Akkari e Thiago Decano.

PITACOS DO MONTANHA

– O Stars Club Poker Itaim, localizado na Rua Clodomiro Amazonas, 896, em São Paulo, começou nessa semana com uma série de satélites que vão garantir vagas no main event da WSOP.

Por Motanha, Gazeta Esportiva – 19 de setembro.

Kilkanaście miesięcy temu szefowie WSOP zdecydowali, że turnieje WSOP Circuit, które do tej pory rozgrywano w USA, powinny wyjść w świat. Stąd decyzja o organizacji festiwali m.in. w Berlinie, Paryżu, Rozvadovie, na Karaibach, a także w Brazylii. W tym ostatnim kraju, WSOPC odbędzie się w Sao Paulo, w dniach 26. października- 2. listopada. Organizatorzy właśnie przedstawili harmonogram tego festiwalu. Przygotowano 25 turniejów. Wpisowe waha się od 580 reali brazylijskich (~$175) w przypadku turnieju Brazilian Storm do 20,000 reali (~$6,000) w przypadku High Rollera. Wpisowe do Main Eventu wynosi 3,950 reali (~$1,200). Zwycięzcy 14 spośród 25 turniejów otrzymają mistrzowskie pierścienie.

-Jesteśmy bardzo zadowoleni z tego, że możemy powitać WSOP Circuit po raz pierwszy w naszym kraju i w całej Ameryce Południowej. Krok po kroku, poker rośnie w Brazylii, i to z niezwykłą szybkością. Wiemy, że zwycięstwo w turnieju WSOP jest z pewnością największym osiągnięciem w karierze każdego pokerzysty. Ciężko pracujemy nad tym, aby dać Brazylijczykom oraz całemu pokerowemu światu wszystko, co najlepsze, zaczynając od lokalizacji, organizacji i harmonogramu pełnego dobrych turniejów- powiedział Beto Lima, przedstawiciel WSOPC w Brazylii. Warto dodać, że w festiwalu WSOP 2016 zagrało 970 pokerzystów z Brazylii.
Dyrektor turniejowy WSOP Gregory Chochon powiedział: -WSOPC kontynuuje ekspansję na świat i jesteśmy podekscytowani tym, że po raz pierwszy wchodzimy do Ameryki Południowej, do Brazylii. Z optymizmem patrzymy na to, że turniej zyska duże wsparcie i będziemy mogli organizować co roku większe i lepsze turnieje-.

W lipcu br. Seth Palansky z WSOP mówił: -Nikt nie zasługuje bardziej na turniej pod marką WSOP niż Brazylia. (Brazylijczycy) od wielu lat wspaniale wspierają WSOP, przywożą ze sobą pasję i utalentowanych graczy-. A jeden z najlepszych brazylijskich pokerzystów Felipe Ramos pisał na Facebooku: ,,To naprawdę dobra wiadomość dla naszej pokerowej społeczności. To wzmocni nas i da więcej szans w regulacji pokera, pomimo tego, że już jesteśmy uznawani za sport umysłowy. To także bardzo dobra wiadomość dla naszej ekonomii. Jak powiedziałem podczas przemówienia, jeśli ktoś potrzebuje dobrej wymówki, aby odwiedzić Brazylię, teraz już ją ma! Będziemy gościć WSOP oraz BSOP Millions na koniec 2016 roku. Brazylia stała się pokerową miejscówką. Dzisiejszy dzień jest zwycięskim dniem dla kogoś takiego jak ja, kto zaczynał grę w pokera od jednostlikowych turniejów, ponieważ wtedy nie mieliśmy partnerów do gry…”.

Por Jakub Suszka, E-Playpoker, Polônia – 16 de setembro.

WSOP divulga programação de torneios do Circuit Brazil 2016

A organização do World Series Of Poker anunciou nesta quarta-feira (14 de setembro) a grade dos torneios do WSOP Circuit 2016 Brazil, que será realizado na cidade de São Paulo, no Transamerica Expo Center, de 26 de outubro a 2 de novembro. O calendário completo com a programação está disponível no site oficial do evento.

Diversos torneios serão realizados durante oito dias de evento e, no total, 14 anéis WSOP Circuit estarão em disputa. A última edição do WSOP Las Vegas (47ª) bateu recorde com 104 mil inscritos de 79 países e a maior premiação já registrada. Entre os finalistas do Main Event, estavam jogadores dos EUA, Bélgica, República Tcheca, Canadá e Espanha.

“Ganhar o WSOP é, sem dúvida, o maior louro na carreira de um esportista de pôquer de qualquer lugar do mundo. Um evento como esse no Brasil é ideal para os amantes do esporte, será um sonho realizado para muitos deles. Estamos nos empenhando em trazer o melhor não só para os brasileiros, mas para o mundo do pôquer, começando pelo local, organização e uma grade repleta de bons torneios”, diz Beto Lima, representante oficial do WSOP Brazil e CEO da Blue Box.

Gregory Chochon, diretor do WSOP, prevê sucesso do primeiro evento deste porte no Brasil. "O Circuito WSOP continua a se expandir no mundo e estamos animados para chegar na América do Sul pela primeira vez com este emocionante evento no Brasil. Estamos otimistas de que o evento será bem representado e podemos continuar a acolher eventos maiores e melhores a cada ano”, analisou.

Por Fox Sport - 14/09/2016

WSOP Circuit Brazil is delighted to announce the Brazilian schedule of the famed tournament World Series of Poker, hosted for the first time in South America right here in Brazil. WSOP Circuit Brazil will be in São Paulo, in the Transamerica Expo Center, from October 26th to November 2nd. The schedule is available to follow on the official website at http://www.wsop.com/2016/circuit/international/.

According to the schedule, several tournaments will occur during the 8 day festival, among them, 14 tournaments disputing the prestigious WSOP Circuit ring. The latest edition of the WSOP Las Vegas (47th), the event reached the best mark with 107,833 players, 107 different countries and more than $221 million in prize money awarded. Brazil was well represented with 970 participants at the WSOP in Las Vegas this year.

“We are delighted to welcome the WSOP Circuit for the first time in our country and in all of South America. Poker is growing up step by step in Brazil, but at an incredible speed. We know that winning the WSOP is undoubtedly the greatest achievement in a poker athlete career from anywhere in the world. We are working hard to bring the best not only for Brazilians but to the world of poker, starting with the location, organization and a full schedule of good tournaments," says Beto Lima, official representative of the WSOP Circuit in Brazil and CEO of Blue Box.

The major highlight in the schedule is the Main Event, with buy-in of 3.950,00 (BRL) that already guarantee millionaires prizes, but the the amount has not yet been revealed by WSOP Circuit Brazil organization.

WSOP Director Gregory Chochon said: “The WSOP Circuit continues to expand in the world and we are excited to reach South American for the first time with this exciting event in Brazil. We are optimistic the event will be well supported and we can continue to host bigger and better events each year.

How to get to Transamerica Expo Center, São Paulo, Brazil

By air: There are direct flights from all Brazilian states to São Paulo (Congonhas Airport). For international flights, airport of destination must be GRU (Guarulhos Airport), about 50km for the event. Some airline companies offer free transport from Guarulhos to Congonhas, and there you can pick a Taxi/Uber to go for Transamerica (Congonhas x WSOP Brazil about 10km).

By car from Guarulhos airport: About 50km until Transamerica Expo Center. Via BR-116 / Rodovia Airton Senna / Marginal Tietê / Marginal Pinheiros / Nações Unidas / Transamerica Expo Center.

By car from Congonhas airport:About 10km until Transamerica Expo Center. Via Corredor Norte-Sul / Av. Washington Luís / Av. Jornalista Roberto Marinho/ Transamerica Expo Center.

Public Transportation: The nearest station is CPTM Santo Amaro (train).

Por Seth Palansky, WSOP, Estados Unidos – 14 de setembro.

World Series Of Poker divulga datas e local de sua etapa no Brasil

A World Series Of Poker está expandindo suas fronteiras pelo mundo e anunciou com exclusividade para a ESPN as datas para a realização de sua primeira etapa na América do Sul. A WSOP Brasil vai acontecer entre os dias 26 de outubro e 2 de novembro de 2016 em São Paulo, em local ainda não confirmado. Considerado o campeonato mundial da modalidade, a World Series Of Poker acontece em Las Vegas desde 1970, e recentemente começou a realizar eventos paralelos ao redor do mundo.

O primeiro torneio fora dos Estados Unidos aconteceu em 2007, com a WSOP Europe realizada em Londres. Depois disso, aconteceram festivais de poker na França, Austrália e África do Sul.

O evento principal da World Series Of Poker acontece todos os anos em Las Vegas, e tem transmissão exclusiva dos canais ESPN. A partir de 11 de setembro serão exibidos os programas gravados do Main Event 2016, e entre os dias 30 de outubro e 1 de Novembro teremos a exibição do November Nine ao vivo, sempre com narração de Ari Aguiar, comentários de Sérgio Prado e convidados.

Por Sérgio Prado – ESPN

WSOP/ BRASIL ACONTECERÁ EM SÃO PAULO NO FIM DE OUTUBRO

O jornalista de poker da ESPN e PokerStars Sérgio Prado divulgou há poucos minutos as datas e sede da WSOP Brasil.

Segundo informações que recebeu da organização da World Series of Poker, a WSOP Brasil acontecerá em São Paulo entre os dias 26 de outubro e 2 de novembro, mas ainda não há um local definido para o torneio.

O evento fará parte da iniciativa de difundir o WSOP Circuit, série de torneios menores da WSOP que desde 2007 saiu dos Estados Unidos e corre por cidades selecionadas.

O brasileiro Felipe “Mojave” Ramos foi campeão de uma delas, na África do Sul em 2010 sendo nosso único representante a ter um anel do circuito.

Por Danilo Telles – Mais Ev

Cada vez mais o Brasil ganha ídolos no esporte, depois de Neymar nos campos e a tempestade brasileira formada por Gabriel Medina, Mineirinho e Felipe Toledo na elite do Surf mundial, agora é a vez dos holofotes se virarem para o Poker, um dos esportes que mais cresce no país. Estima-se uma média de 4 milhões de jogadores em território nacional, entre eles homens e mulheres de todas as idades, parte deles são profissionais e estão conquistando grandes resultados e reconhecimento mundial nos grandes torneios de poker.

O país do futebol e do surf hoje é visto como um dos principais competidores da modalidade, isso porque possui excelentes profissionais, como por exemplo Felipe Mojave que está entre os 100 melhores jogadores do mundo, além de grandes nomes como André Akkari, Luís Duarte, João Simão, Thiago Decano, entre outros. Alguns deles dividem suas tarefas entre torneios, coachs e palestras em faculdades e empresas que já identificaram os benefícios que o jogo pode trazer para o crescimento pessoal e profissional de quem o pratica.

Uma das grandes novidades do esporte foi o anúncio feito no último dia 11 sobre a chegada do maior evento mundial de poker, o World Series Of Poker (WSOP) que desembarcará pela primeira vez em terras brasileiras para o “WSOP Brazil”, o que causou muitos comentários e ansiedade nos esportistas brasileiros. Com o evento, o Brasil se consagra e entra definitivamente para o roteiro internacional de poker, podendo coroar dentro de casa seus representantes em um belo espetáculo.

Por Natalia Medeiros – Agência Blay’s, Assessoria de imprensa WSOP Brazil

Esqueça o futebol, seus craques regiamente pagos, estádios lotados, fãs uniformizados e as transmissões dos jogos pela TV. O evento esportivo que mais distribui prêmios no Brasil não é o Campeonato Brasileiro do esporte bretão. Esse título fica com o BSOP, Brazilian Series of Poker, o "Brasileirão" do jogo de cartas mais famoso do mundo.

Na edição passada, a Série A do nosso certame nacional de futebol distribuiu R$35 milhões. No mesmo ano, a série de pôquer repartiu R$45 milhões. “Mas como é um campeonato de pôquer?”, você vai me perguntar...

Carlos Monti/Pokerstars

Etapas do Brazilian Series of Poker reúnem milhares de participantes todos os anos

O BSOP existe desde 2006, quando começou tímido com apenas 57 jogadores em São Paulo. Hoje, o número de empregos, diretos e indiretos, é muito superior a esse número. São aproximadamente 200 pessoas trabalhando para que o evento possa acontecer.

Em termos de jogadores, só na temporada passada foram 27 milinscritos para os eventos. Na sua história de 11 edições, foram 95 eventos principais, mais de R$150 milhões distribuídos em premiação e 17 foram as cidades visitadas: Porto Alegre e Novo Hamburgo(RS), Florianópolis e Balneário Camboriú (SC), Curitiba e Foz do Iguaçu(PR), São Paulo(SP), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), Salvador e Costa do Sauípe (BA), Fortaleza (CE), Natal (RN), Goiânia e Caldas Novas (GO), Brasília (DF) e Punta del Este, no Uruguai.

Ao chegar ao salão de uma etapa do BSOP, você primeiro ouvirá a doce sinfonia das fichas, um barulho inconfundível, que se assemelha ao canto de passarinhos. Logo verá, sentados às mesas, homens, mulheres, jovens, adultos e idosos, marcando a característica democrática do Pôquer. Para distribuir as cartas e cuidar das apostas feitas com as fichas estão os dealers, profissionais capacitados e que no Brasil vivem exclusivamente de sua atuação nesse jogo.

Em São Paulo, etapa da BSOP costuma ser a que registra maior número de participantes

Ah, e esqueça ambientes escuros e enfumaçados. Um evento de pôquer é uma festa, bem iluminada e onde o cigarro está barrado. O espaço não é só para quem joga os eventos da Brazilian Series of Poker - os amigos podem ir torcer e conhecer o local dos jogos. A entrada é grátis e não faltam atrações.

Esse ano, uma marca de whisky, outra de cerveja artesanal, uma joalheria, uma marca de roupas, uma de cadeira para gamers e uma barbearia oferecem os seus serviços a todos os presentes. São os patrocinadores que, junto com um site destinado ao pôquer na internet, viabilizam o evento. Apenas maiores de 18 anos podem frequentar as instalações.

Para incentivar a presença das mulheres, existe o Ladies Event, além, é claro, da participação das damas de ouros em todos os eventos da série. Segundo Devanir Campos, diretor-geral do BSOP, o contingente feminino segue os padrões internacionais.

Onde acompanhar

Num país onde o pôquer pegou carona nas transmissões da ESPN, tempos atrás, o BSOP não poderia ficar de fora da telinha. O site superpoker.com.br transmite ao vivo todas as etapas da série, que tem programas dedicados a ela no canal Bandsports. Além disso, quem se interessa pelo jogo está sempre bem servido na TV. ESPN e Esporte Interativo dedicam horários da sua programação ao jogo. Vale lembrar que temos três campeões mundiais, Alexandre Gomes, André Akkari e Thiago Decano e que expertises jurídicas e o Ministério dos Esportes já atestaram que o pôquer não é um jogo de azar e sim de habilidade.

Se você ainda não jogou pôquer, não sentiu o gostinho de anunciar “all-in”, movendo todas as suas fichas, tenho certeza que um amigo próximo já o fez. O jogo, como disse, é democrático, inclui homens, mulheres, gordos, magros, deficientes, idosos, gregos, troianos, gente da guerra, gente da paz, e conquista diariamente adeptos mundo afora. Aqui no Brasil estamos muito bem representados por jogadores, dirigentes e, claro, um Campeonato Nacional fantástico.

Por Victor Marques, IG Esporte

Legenda da Foto: Ty Stewart, diretor executivo do WSOP, Felipe Mojave, jogador número 1 do ranking brasileiro, e Beto Lima, CEO da Livebox

Com presença do Team PokerStars Pro Felipe Mojave no palco principal do Brasilia Room no Rio All-Suites Hotel & Casino, a organização da World Series Of Poker anunciou ontem que vai promover um evento da WSOP Circuit no Brasil.

A data e a programação ainda não foram divulgados, mas o contrato já foi assinado. Os eventos World Series Circuit acontecem desde 2005 e recentemente foram realizados em países como Canadá, Marrocos, República Tcheca e Geórgia, além de cidades dos Estados Unidos como New Orleans, Lake Tahoe e Atlantic City.

"O Brasil merece esse evento, já está entre os maiores países no universo do poker e agora com a World Series Of Poker em nossa casa iremos coroar diversos campeões mundiais, além de receber profissionais do mundo todo, fazendo o esporte da mente crescer", afirmou Felipe Mojave.

A World Series Of Poker agora se junta aos grandes torneios de poker organizados no país como o Latin American Poker Tour e a Brazilian Series Of Poker.

Por Sérgio Prado – ESPN

Link: http://espn.uol.com.br/noticia/612884_wsop-circuit-vai-ter-evento-no-brasil
Legenda da Foto: Ty Stewart, diretor executivo do WSOP, Felipe Mojave, jogador número 1 do ranking brasileiro, e Beto Lima, CEO da Livebox

Pela primeira vez na história, o Brasil será sede de uma etapa do Campeonato Mundial de Poker, o WSOP (World Series Of Poker, da sigla em inglês).

O UOL Esporte apurou que o acordo foi fechado após uma Joint Venture entre LiveBox e Move, empresas especialistas em promoção de eventos internacionais na América do Sul, que já organizou shows como Beyonce, Iron Maiden, Bon Jovi, Justin Bieber, Maroon 5, Queen, Katy Perry e Elton John.

O anúncio oficial será feito durante a 47ª edição do WSOP nos Estados Unidos, em Las Vegas, noite desta segunda-feira no horário brasileiro.

Atualmente, o WSOP quase não sai dos Estados Unidos. Há apenas uma etapa na Europa e um evento bianual na Austrália.

A ideia é que a etapa brasileira seja disputada ainda este ano, mas a data e o local do evento ainda não foram confirmados. Atualmente, o Brasil conta com o campeonato nacional que serve como porta de entrada para o campeonato Mundial.

Felipe Mojave, jogador número 1 do ranking brasileiro, tem tudo para ser o embaixador da competição no Brasil. O World Series of Poker é considerado a Copa do Mundo do esporte da mente e já tem o Brasil entre os cinco países que mais são adeptos da categoria.

Por Danilo Lavieri – UOL

Satelites

Ver mais